sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Jobabilidade: Homem de Lata Antarcticano


HOMEM (de lata) ANTARCTICANO
recortes em lata
exercícios de joba tridente

Na internet tem muita arte maravilhosa feita com latinhas de alumínio, usadas para embalar refrigerantes, sucos e cerveja. Não sou consumidor desse tipo de embalagem, mas fiquei curioso com o seu potencial e decidi fazer alguns testes sem compromisso..., já que a melhor forma de se chegar a algo novo é exercitando.



Cheio de ideias, mas sem tempo para experimentar todas, resolvi começar com algo bem simples e que dependesse mais de criatividade do que de técnica especial: recortes de lâminas. O resultado é este Homem (de lata) Antarcticano. Pelo menos na web não vi coisa alguma parecida.




O Homem (de lata) Antarcticano é uma pequena peça de Arte Sustentável de duplo corpo ou dupla face..., com estética e expressões diferentes externamente (frente) e internamente (verso), ganhando contornos inesperados conforme a luz.




É um objeto versátil que serve de decoração, de utilitário porta-coisas ou porta-nada, e ou (ainda) para teatro de bonecos, pois tem movimento de corpo, cabeça, boca e braços...






O Homem (de lata) Antarcticano é divertido e, a princípio, requer apenas um pouco de atenção (planejamento) na busca do equilíbrio e do desenho da peça e cuidado no uso de tesouras (de vários tamanhos). Vamos ver como me saio nos próximos desafios!!!




*****


JOBA TRIDENTE
Artista Plástico - Individuais: 1991 - Sagrados e Profanos - Hall da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná - Curitiba-PR; 1986 - Sagrados e Profanos - Galeria “B” da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1984 - Arteveste - Galeria Jegue Elétrico - DF; 1983 - I Comício Cósmico de Brasília - Centro Cultural Le Corbusier – DF e Arte Alternativa II e III - Galeria Jegue Elétrico - DF; 1982 - Arte Alternativa - Galeria Jegue Elétrico - DF.

Artista Plástico - Coletivas: 2015 - Bench Artes - São Paulo-SP; Nem Tudo Termina em Pizza - São Paulo-SP. 2013 - Mail Art Cupcake - MuBE - Museu Brasileiro de Escultura. 2000 - Fandango Subindo a Serra - SESC da Esquina - Curitiba-PR.  1997 - Guido Viaro, 100 Anos: Interpretação 97 - Museu de Arte do Paraná - Curitiba - PR. 1996 - V Concurso de Presépios - Memorial da Cidade de Curitiba - PR; 1994 (itinerante: 1995/1996) - Suite Vollard, Picasso - Uma Interpretação Paranaense - Museu de Arte do Paraná - Curitiba - PR; 1987 - Salão de Artes Plásticas de Brasília - Galeria da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF e Levante Centro-Oeste - Galeria da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1986 - Salão de Artes Plásticas de Brasília - Galeria “B” da Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1983 - I salão de Arte Mística/Mítica/Mediúnica - Hall da Prefeitura Municipal de Petrópolis - RJ e II Salão de Arte Mística/Mítica/Mediúnica - Centro de Convenções de Brasília - DF; 1977 - II Salão de Arte e Pensamento Ecológico - Touring Club de Brasília - DF; 1974 - I Encontro de Artes do ABC - Hall do Teatro Municipal de São Bernardo do Campo - SP.


Artes Gráficas, Humor e Quadrinhos: 1997 - 1ª Mostra da Ilustração Paranaense - Museu de Arte Contemporânea do Paraná - Curitiba - PR; 1993 - Bienal Internacional de Quadrinhos do Rio de Janeiro - RJ; 1991 - Arkivo Gráphico - Gibiteca de Curitiba - PR; 1980 - Brasília 20 Anos - Hall do SESC - DF e  Caricatura e Desenho de Humor de Ontem e de Hoje - Criatura-I - Exposição itinerante organizada pela FUNARTE em: DF/SP/RJ/BA/CE/PR; 1977 - II Salão de Humor de Brasília - Fundação Cultural do Distrito Federal - DF; 1976 - Salão de Humor de Brasília - Fundação Cultural do Distrito Federal - DF.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...